Blog

Home » Blog

Espirulina está em alta: rica em proteínas e um poderoso antioxidante

Velha conhecida dos nutricionistas, a espirulina é comumente chamada de alga, quando na verdade ela é uma cianobactéria – bactéria capaz de fazer fotossíntese, como as plantas.

 

Mas recentemente ela ganhou também o gosto dos consumidores. Principalmente daqueles que fazem alimentação hipocalórica, como uma forma de complementar o consumo de nutrientes. Também está sendo consumida por pessoas que estão se recuperando de cirurgias.

 

Ela pode ser manipulada e receitada na forma de cápsula, e o consumo fica entre 500 até 2000mg por dia.

 

Conheça todos os nutrientes e benefícios que ela traz para o organismo:

 

Saciedade

A espirulina contém uma substância chamada fenilalanina, que estimula a saciedade. Ao ser consumida ela forma uma espécie de gel no estômago, que desacelera o esvaziamento gástrico e diminui a fome, por isso seu consumo é indicado antes das refeições.

 

Proteínas

Ela é rica em aminoácidos essenciais, que são aqueles que nosso organismo não consegue sintetizar, e portanto temos que buscar na alimentação. Em sua composição ela tem 62% de proteínas, sendo indicada como suplemento alimentar para atletas.

 

Antioxidante

Três gramas de espirulina têm mais antioxidantes e anti-inflamatórios do que cinco porções de frutas e vegetais. Os antioxidantes ajudam a combater os radicais livres e auxiliam nos processos inflamatórios, ajudando a manter a pele jovem e prevenindo doenças como o câncer.

 

Cálcio

A espirulina tem 180% mais cálcio do que o leite, um importante aliado no fortalecimento dos ossos, contribuindo na prevenção da osteoporose.

 

Colesterol

Com ela possui ácidos graxos essenciais da família do ômega 6, ajuda a reduzir e prevenir o acúmulo de colesterol.

 

Betacaroteno

Ela apresenta quantidades significativas de betacaroteno, substância que pode ser convertida em vitamina A, o que ajuda na produção e manutenção dos fios de cabelo, dentes, gengiva, glândulas, membranas, mucosas, olhos e pele.

 

Ferro

O ferro atua no transporte de oxigênio no organismo e previne problemas como anemia, dor de cabeça e cansaço. Uma porção de espirulina contém cerca de 6,5mg de ferro, cuja necessidade diária varia de 11mg a 8mg para homens conforme a idade e de 15mg a 18mg para mulheres conforme a idade.

 

Magnésio

Dentre as funções do magnésio, estão atuar no funcionamento dos nervos e músculos, manutenção do ritmo cardíaco e resistência óssea, síntese de proteínas e regulação da pressão arterial. Cada 2g de spirulina contém 10mg de magnésio.

 

Zinco

Imunológico e com poder anti-inflamatório, o zinco é outro nutriente presente na spirulina (60mcg para cada 2g). Vale lembrar que nosso corpo precisa de 8mg diariamente.

 

Gostou do conteúdo? Comente, e comente comigo suas dúvidas.